Refere-se a presente apresentação a edificação de um Tanatório no gaveto noroeste das ruas Dr. Manuel Pereira da Silva e Dr. Roberto Frias, na freguesia de Paranhos e por iniciativa da respetiva Junta de Freguesia. O equipamento proposto, cujo serviço de interesse público envolve todos os procedimentos de preparação, velação e cremação de cidadãos defuntos, bem como cerimónias fúnebres e serviços conexos, associa-se ao existente e limítrofe Cemitério de Paranhos, complementando e enriquecendo o seu funcionamento. 

A inserção urbana foi um elemento sensível ao desenvolvimento da proposta, por este motivo o padrão escolhido para a matriz conceptual, foi a replicação de volumetrias minimalistas desprovidas de ornamentos simbologias e cultos religiosos. Todo o conjunto é envolvido por uma área verde que será mantida e que afasta o edifício do ambiente ruidoso da via pública e agrega toda a volumetria proposta.